Varejo

Fique atento! Consumidor do varejo busca por marcas sustentáveis

Empresas devem se engajar para oferecer produtos e serviços ecológicos.

 

A preservação do meio ambiente ganhou visibilidade e no varejo não é diferente. Muitos consumidores têm procurado por empresas com práticas sustentáveis.

É o que aponta um estudo global da consultoria Gfk, cujo resultado mostrou que 76% dos consumidores esperam que as marcas sejam comprometidas ecologicamente. Além disso, outra exigência é que as marcas tenham a obrigação moral de respeitar o meio ambiente, segundo 28% dos cidadãos.

Para Patricia Cotti, do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (IBEVAR), o perfil do consumidor mudou muito e ele está mais exigente com o que consome. “Hoje, ele está mais consciente e procura marcas e produtos que, além de oferecerem qualidade, respeitem e até beneficiem o meio ambiente”.

Na mesma direção, as marcas perceberam a mudança no perfil do consumidor e no modo de fazer negócio, passando a entregar produtos e serviços mais sustentáveis. Essa prática aumenta a confiança na marca e fideliza o consumidor, fazendo com que ele volte outras vezes, pois sabe que é ecologicamente correto.

Muitas varejistas têm usado métricas de benchmark de sustentabilidade como referência para adotar boas práticas de preservação do meio ambiente. Deste modo, conseguem desenvolver operações mais assertivas nas lojas da marca, contribuindo para um setor comercial mais limpo e sustentável.

A saber, o conceito de benchmarking é a prática de acompanhar os concorrentes a fim de incorporar boas ações e aperfeiçoar os próprios métodos.

“Para fidelizar o consumidor e criar esse ciclo de confiança, a marca precisa apresentar práticas que realmente mostrem ao consumidor que eles estão do mesmo lado, trabalhando juntos e que possuem o mesmo objetivo”, finaliza Patricia.

 

Leia também: Primavera promete movimentar shoppings pelo Brasil

 

Leia também: Vendas crescem 2,4% na primeira quinzena de setembro

 

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais