Inspirações

4 plantas ideais para decorar a área da piscina

Espécies são típicas da primavera e recomendadas para espaços externos e com incidência solar, ou seja, a área de lazer.

 

A primavera marca a chegada do calor e o começo de uma nova temporada para quem gosta de investir em plantas ornamentais e decorar a área de lazer.  E não é para menos: algumas plantas da primavera são capazes de criar combinações visuais incríveis com as piscinas.

Por isso, separamos quatro espécies que se encaixam bem no perfil Primavera + Piscina. Confira!

  1. Palmeiras

Não é à toa que as palmeiras são quase símbolos universais dos climas tropical e subtropical. Além disso, se desenvolvem em abundância nessas regiões e sua estrutura mais robusta é ideal para suportar as intempéries do tempo.

Por isso que subespécies menores e mais exóticas acabaram se tornando grandes favoritas para decorações externas em casas, prédios e fachadas — e nas piscinas, é claro.

Entre as mais tradicionais estão a palmeira triangular, a palmeira-fênix, a palmeira das canárias e o palmito espanhol, opções mais neutras, sóbrias e resistentes para quem não tem muito tempo para dedicar à constante manutenção das plantas.

  1. Jasmim Manga

Para quem prefere um ambiente mais florido e perfumado, a jasmim manga é uma opção que combina esses dois atributos. Ela é uma planta resistente e com baixos índices de manutenção e poluição do ambiente.

Com poucas e grandes folhas, essa espécie é originária das Américas do Sul e Central, devendo ser mantida a pleno sol e podendo chegar a 5 m de altura.

  1. Pata-de-elefante

A planta pata-de-elefante já é bastante famosa no segmento de paisagismo, visto que é capaz de criar pontos de destaque, não produz resíduos e não exige irrigação constante.

Boa opção para quem não gosta de decorações muito espalhafatosas e, mesmo assim, quer evitar um ambiente neutro demais. Essa planta, do tipo arbusto, conta com um desenvolvimento particularmente saudável e acelerado em locais úmidos.

  1. Hibiscos

Agora, se o seu objetivo é abusar do espaço externo e investir na extravagância, quando o assunto é decoração ornamental, os pés de hibiscos, apesar de bem comuns, fazem parte de um gênero botânico que possui mais de 300 espécies. Acredite, é possível misturar as mudas e criar composições bem variadas.

Arbusto de pequeno porte originário de áreas tropicais, o hibisco aguenta bem a exposição ao sol ou sombra parcial: a planta só precisa de um ambiente quente, úmido e pelo menos um pouco iluminado.

 

Leia também: 4 dicas para realizar o chá revelação na área de lazer

 

Leia também: Dicas valiosas para manter a piscina inflável infantil em bom estado

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais