Mercado

Com paisagismo assinado por Burle Marx, Teatro Prudential é inaugurado no Rio

Com paisagismo assinado por Burle Marx, Teatro Prudential é inaugurado no Rio

Espaço cultural fica localizado no antigo Edifício Manchete, projetado por Oscar Niemeyer.

 

O Rio de Janeiro (RJ) ganhou mais um polo cultural cheio de charme e elegância. A seguradora Prudential do Brasil, em parceria com a Aventura, reabriu o antigo Teatro Manchete, na Glória. Agora, o espaço passa a se chamar Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch.

Com fachada assinada por ninguém menos que Oscar Niemeyer e paisagismo de Roberto Burle Marx, o teatro possui 359 lugares e um palco de 140m2. Foram investidos R$1,2 milhão para equipar e dar a excelência necessária ao espaço. O lugar adotou uma identidade azul, utilizando cerca de 1.500 metros de veludo nas poltronas e cortinas.

O prédio em que fica o Adolpho Bloch era sede não só do antigo teatro, inaugurado em 1973 — com “O Homem de La Mancha”, encenado por Paulo Autran, Bibi Ferreira e Grande Otelo —, mas da Rede Manchete, da Revista Manchete e de todos os veículos da Bloch Editores. Lá eram gravados programas como o “Clube da criança”, que lançou Xuxa e Angélica.

O Teatro Prudential – Sala Adolpho Bloch foi reaberto com a peça "PI- Panorâmica Insana", com direção de Bia Lessa, no dia 24 de maio. A peça tem no elenco Claudia Abreu, Leandra Leal, Luiz Henrique Nogueira e Rodrigo Pandolfo, com textos de Julia Spadaccini, Jô Bilac e André Santana. A empresa Aventura é a responsável pela programação, que visa atender todos os públicos, incluindo peças infantis, shows e espetáculos diversos.

 

Leia também: Jardins em Belo Horizonte oferecem paisagismo histórico

Leia também: Parque do Idoso em Manaus ganha projeto de paisagismo

 

Fonte: Primeira Página.

Redes Sociais